quarta-feira, 12 de dezembro de 2012

Umo novo Olhar


Quarta-feira agora vai ser dia de texto! Pessoal, quando publiquei um de meus textos aqui, não imaginava que seria tão bem recepcionado. Como eu acumulo informações sobre os desejos pra poder postar detalhes pra vocês, vou dedicar algumas quartas para deixar meus antigos escritos aqui. Espero que gostem. 

*******
Um novo olhar
Quarta-feira. Meio da semana. E eu me lembrei de você. Na verdade hoje é um dia atípico porque lembrei mesmo de estar há quase 1 (uma) semana sem pensar em você. Pode ser a pressa, pode ser a correria que eu enfrento todo dia, pode ser o edital pra entrega do projeto de mestrado estar prestes a vencer, mas principalmente acredito que seja um desinteresse de você brotando lentamente, como se algo tóxico que me prendesse começasse a perder a graça.

Eu hoje consigo me lembrar de você, sem querer você. Ou pior, sem querer que você me queira. Não resisti e fui olhar sua foto. Você não pode acreditar a sensação maravilhosa que é olhar pra esses seus olhos pequenos e não achá-los envolventes. Não querer tocar seus largos ombros, nem mesmo querer que você me olhe.

Poder olhar sua foto sem ter reações diagnosticáveis como "dor de cotovelo da grossa" é como um milagre! Veja bem, não é que você não tenha mais importância, você sempre terá. Eu não seria pretensiosa de querer apagar você. Eu não posso e não quero fazer isso. Mas antes havia sofrimento, sentia um amargo na boca e uma vontade enlouquecedora de parar em frente a você e dizer _ Olha, eu te amo, mesmo desejando de um jeito absurdo não querer amar!

Hoje, eu sinto um certo alívio. E até uma curiosidade meio mórbida de querer saber para onde foi aquilo tudo que ficou em mim amargando por tanto tempo. Eu posso ver você e permanecer tranquila. E isso pode ser assustador no momento de constatação porque até o que faz mal vicia. Por uns minutos eu pensei que talvez necessitasse gostar de você. Como se isso fosse muito importante para a vida seguir em frente. Não gostar de você traz o vazio do "e agora?". E agora? O que se faz quando não se sofre por gostar de alguém que não gosta da gente???

Acabo de fazer outra grande constatação _ escrevi um parágrafo inteiro mencionando naturalmente meu antigo sentimento por você como "gostar" e não como "amar". É, pode ser mais real do que imagino. Eu não tenho mais espaço para você em meu coração. Então seu posto de suposta alma gêmea passa a ficar vago a partir de agora. E eu vou pendurar sua foto na ala das lembranças que me fizeram melhor. Isso mesmo, você me fez melhor sem nunca ter encostado um dedo em mim. Me fez amadurecer e crescer sem que nunca tivéssemos almoçado juntos. Então obrigada.

Obrigada por cada pensamento que eu nunca realizei ao seu lado e obrigada por cada "eu te amo" nunca dito. Obrigada por nunca ter me afagado em seus vastos ombros e nunca ter permitido que eu repousasse confortavelmente no vão de suas costas (é bom dormir nas costas de quem se ama). Obrigada por nunca ter me levado ao cinema (eu amo cinema) e por nunca ter me deixado roubar batata frita de seu prato (outra mania que eu reconheço, nem todo mundo acha legal. Mas, quando se possui intimidade, pegar comida do prato do outro é tão legal...). Enfim, obrigada mesmo. Eu nem sei como vou poder agradecer o fato de nunca termos dividido a mesma rede (rede é bom demais), de nunca termos tomado sorvete juntos e nunca termos visto um filme bem velho embaixo do edredom em um domingo de frio, daqueles feitos especialmente pra namorados que se amam. Eu preciso agradecer a você tudo que eu quis e nós nunca fizemos juntos. Confesso, eu sou do tipo "brega" pra relacionamento. Não preciso de muita coisa pra ser feliz. Eu tenho minhas manias e também meus mimos (filho único se não for mimado perde a graça), também tenho umas frescuras (sério?), mas no quesito relacionamento me basta o outro e muito carinho.... Ah, eu esqueci de agradecer por você nunca ter sido carinhoso comigo. Isso realmente poderia ter aprisionado meu coração por uns 40 anos. Obrigada por nunca termos nos aproximado de verdade.

Obrigada por ter se limitado a me olhar em silêncio. Eu me lembro do dia, o único dia, em que conversamos e eu, como quem decide e age, falei sem pensar sobre minha necessidade reprimida por anos em ter seu olhar. Em querer seu olhar. E você, educadamente me respondeu com a verdade. Amarguei por semanas aquela resposta reveladora, aquela sinceridade dolorida que me causou espanto ao saber que ao longe e em silêncio você me deu tudo o que eu queria naquela época. Você me viu, me admirou, me reparou e se calou. Só você sabe os seus motivos e eu nunca me interessei pelo seu silêncio. Mas a revelação de sua omissão reprimiu meu querer, meu sonho de conto de fadas onde você não cabe mais. Ao menos não depois de tanta espera. Seu tempo, nosso tempo (mesmo nunca havendo "nós") passou. Mas eu reitero meu agradecimento.

Olhei sua foto novamente, pra me testar e saber se minha libertação do sonho de você era repentina. Ela é real, eu estou liberta. Não sinto mais vontade de pegar sua mão. Eu tive vontade de fazer isso por tanto tempo... mas agora eu não tenho mais. E agora sua foto ocupa o lugar de alguém que passou, mas que possui minha eterna gratidão. Não posso deixar de pedir desculpa. Ações e omissões são vias de mão dupla. E eu também fui omissa por todo o tempo que senti sozinha. O silêncio não foi só seu, foi nosso. Vivenciamos enquanto deu e ele durou bastante. Me desculpe por agir feito idiota, eu sempre enxerguei você.

Agora que meu coração não registra mais o som meio rouco e muito prepotente da sua voz como um sonho, me resta dizer adeus a você que eu nunca tive e a quem nunca demonstrei o que realmente sou. Não tenho arrependimento, estranhamente tenho um alívio. O alívio da libertação. Não pensei em você por tanto tempo por teimosia, mas sim enquanto durou meu estoque de "suposto amor". É muito louco ter alguém no universo da pretensão, tem dia que doi, tem dia que enche a paciência, tem dia que deprime, mas um dia se esgota. Um dia, a vontade de direcionar todo o carinho do mundo a um único ser humano vai embora. E a gente se pergunta do que valeu tudo aquilo...

Eu não tenho a resposta, eu não sei se valeu pra alguma coisa, mas o coração deve saber... Afinal, foi ele quem quis ficar olhando pra você escondido e foi ele quem se libertou de todas as possibilidades de felicidade que você só representou. Então, o coração que fique com a moral da história e eu, sem a carga de amargura e pretensão, como quem guarda uma medalha de honra pela superação, ficarei com a foto, a sua foto.

Pâmela Rodrigues

*Foto retirada de: http://www.donagiraffa.com/2011/07/amor-nao-correspondido-o-que-fazer.html

40 comentários:

  1. Mais uma vez, muito bom *-*
    Passar de nível, abandonar o passado, não esquecendo dele, mas sim lembrando sem rancor.
    Faz parte da vida entender a hora de partir.
    Beiiiijos, ótimo dia.

    ResponderExcluir
  2. Seua textos sao tao bons para ler! Gostei... Bjos.

    Ah curte minha pagina no face do blog... So clica em curti la no meu blog!

    giihflore.blogspot.com

    ResponderExcluir
  3. Gostei muito da sua Postagem minha amiga querida
    Seu Blog é muito Especial
    Obrigada pela dica do Face.


    Beijos no seu Coração e uma Linda
    Quarta-feira
    Andrea

    ResponderExcluir
  4. Que texto lindo! Parabéns!
    Saber a hora de partir por mais doloroso que seja é fundamental e concordo com a Vanessa Barbosa.
    Boa quarta-feira!
    Fica com Deus!
    Beijo!

    http://nannacunha.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  5. Oie..

    Otima semana....beijocas!!!!

    ResponderExcluir
  6. Muito bom o texto, me identifiquei com a parte que disse "O silêncio não foi só seu, foi nosso." Já me senti assim. =)
    Bjus

    Rafa
    Rafaelando.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que bom que gostou Rafaela, volte sempre, beijos!

      Excluir
  7. Sempre perfeitos seus textos!

    http://cindereladementira.blogspot.com.br/
    https://www.facebook.com/CinderelaDeMentira

    ResponderExcluir
  8. nossa.que.texto.maravilhoso!!!
    eu tinha lido um pouco antes a resenha na revista 21 sobre o livro "Por Isso A Gente Acabou" e eu achei coincidência. ^^
    o link aqui ó: http://revista21.com.br/?p=7910

    :*

    Heart Sugar Cubes

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Carol, então fui lá ver a resenha. Achei ótimo o texto, foi uma baita coincidência mesmo!
      Beijosss

      Excluir
  9. nossa que lindo e bem marcante :(
    gostei.

    beijos ótima quarta sz

    feehfeminina.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  10. Adorei o texto
    quem ja nao passou por isso de esquecer aos poucos algo do passado

    Beijos

    www.jessicarcoelho.com

    ResponderExcluir
  11. O texto ficou perfeito, flor! Adorei!!
    Beijinhos

    Am
    http://www.vinteepoucos.com.br/

    ResponderExcluir
  12. vc registra como profissional?
    vc tem a carteirinha?
    se nao tiver faz amiga!
    fique com Deus
    Bjão ✿◠‿◠)✿
    /(.”)__☆
    /||\
    _||_
    www.coisasdeladdy.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Elly, não registro como profissional não! Nem sei que carteirinha é essa, mas obrigada por gostar, beijossss!

      Excluir
  13. nossa, você escreve tão bem... já pensou em fazer livro?

    VOCÊ TEM AMIGO AQUI NO BLOG? TENHO UMA PROPOSTA NO MEU BLOG, PRA VOCÊ E PARA SEU AMIGO(A)

    fb group: AB - Amizade na Blogsfera.
    @esteffanifontes, segue? Beijos,
    Aos Dezesseis Anos - aosdezesseisanos.blogspot.com.br
    Seja bem vinda do meu blog.

    ResponderExcluir
  14. Oi flor que lindo seu texto meio triste mais muito bonito repleto de sentimentos bonitos.To melancolica agora.
    beijinhos♥ Flor eu não tenho face mais eu vou ver se curto a página em um face faike que eu tenho.
    http://www.em-momentos-assim.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  15. Nossa que texto lindo. Vc escreve muito bem. Bjus!!!
    galerafashion.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  16. Amiga!! Que texto é esse? Sem palavras para descrever, me identifiquei em alguns pontos e quanta sabedoria e clareza,humildade vejo aqui..Por favor, me permita salvar seu texto e ler depois, pois foi tão forte que uma vez bastou por hoje. Parabéns e estou esperando o próximo texto. Abraços. Sandra

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sandra, pode salvar sim amiga, apenas te digo que caso faça qualquer uso público dele, que coloque a fonte e a autora, mas sei que você fará isso. Beijos e obrigada, você é uma querida!

      Excluir
  17. heey!
    Seu texto tá perfeito *0*
    Adorei o blog, já estou te seguindo, te espero no meu!
    Beijão
    Duda
    fashiondudaah.blogspot.com

    ResponderExcluir
  18. Muito bacana o texto! Você escreve muito bem!
    Beijinhos ;*
    fashionableword.blogspot.com

    ResponderExcluir
  19. nooooooooossa, perai, perai, nem acredito que li tudo, porque vou confessar pra voce, gosto muito de ler livros, porem online nao tanto, mas suas palavras foram me prendendo aos poucos, me chamou atencao e amei o enredo, olha eu aqui nas quartas heeeem rsrs' beijos parabens.

    www.annecrisley.blogspot.com
    @AnneCrisley / @BlogAnneCrisley

    ResponderExcluir
  20. Texto muto bom!!!
    Parabéns!!
    Eu, como professora gostei bastante.
    Bjinhos!!
    Mayara Lopes
    Pensa se eu fosse rica!

    ResponderExcluir
  21. Oii,
    Parabéns pelo belissimo texto:)Você é uma ótima escritora!
    Estou esperando ansiosamente pelos próximos!

    (Obs:Sobre o filme que você comentou o nome dele é "Os fantasmas de
    scrooge",gosto bastante dele).

    Páginas Em Preto

    Beijos

    ResponderExcluir
  22. Adorei, muito legal o texto!!!
    Bjs...

    http://www.perfumesdapam.com/

    ResponderExcluir
  23. Nossa, ótimo seu texto.
    Parabéns.

    :)

    www.flordemeninaacessorio.blogspot.com

    ResponderExcluir
  24. Achei lindo o texto!
    Voltei até a sentir um pouco a sensação de como é olhar para alguém e não sentir mais nada, mas lembrar dos momentos em que foram vividos.
    Nada acontece em vão, tudo serve para o nosso crescimento né? e se não fosse todo sofrimento que um dia eu já tive por alguém que não gostou de mim, talvez eu não fosse como eu sou hoje! hehehe
    adorei!

    modasdacarol.com

    ResponderExcluir
  25. Nossa você escreve muito bem, adorei seu texto. Um novo olhar, é temos que fazer isso sempre, para seguir um vida, para viver em si. Adorei! Posso publicar depois um dos seus textos no meu blog?

    Beijos, 7hings.br passa lá, o blog está esperando por você.. 

    ResponderExcluir
  26. Pâmela!

    Meus parabéns! O texto é lindo e uma delícia de ler! Você escreve muitíssimo bem! E quem nunca passou por um amor não correspondido né? Ainda bem que o tempo se encarrega de curar as feridas!

    Muito obrigada por linkar meu blog aqui tá? Fiquei muito feliz com o carinho!

    Beijos da Kika/Blog Acessarte

    ResponderExcluir
  27. Olá Xará,
    Vim retribuir a visitinha e achei interessante seu texto (:

    Bjinhos ;*
    Pâm

    ResponderExcluir
  28. Eii flor, muito obrigado pela visita lá no blog! Ameii o textoo... aaii eu adoroo escrever, já escrevi muito, mas ultimamente a faculdade não tá deixando, mas agora nas férias vou voltar a exercitar! :D
    Já seguindo aqui e lá no face tb!!
    Beijooooooosss!

    http://palpitedehoje.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  29. Vim retribuir a visita flor,bjs ótima sexta pra vc
    http://dezapaixao.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  30. Nossa pensando em mim do modo que fosse eu a personagem do texto não sei se seria possivel gostar de alguém tanto tempo assim sem sentir que haveria uma possibilidade de se tornar real, posso parecer egoista mas gosto de quem gosta de mim é facil assim!
    O que me deixou enconformada foi que no começo parecia muito um termino de um namoro todas as sensações descritas sentimos quando acabamos um relacionamento.
    Eu amei o texto abriu sentimentos controversos adoro isso!
    Parabéns!

    ResponderExcluir
  31. Texto muito bem escrito, uma das melhores sensações do mundo é quando conseguimos olhar para a pessoa que, em um determinado momento gostamos ou amamos, choramos e enfim, conseguimos olhar com indiferença e sem que aquilo nos afete. E nos sentimos bem com isso. E vc se pergunta do que valeu aquilo tudo? Se pararmos para pensar, de muito vale todas as pessoas que passam por nossas vidas, porque se não fossem elas, não aprenderíamos o que hoje sabemos.

    Beijinhos!
    http://meiosdiasgastos.blogspot.com.br/
    https://www.facebook.com/MeiosDiasGastos

    ResponderExcluir
  32. Nossa, deve ter sido incrível, eu no seu lugar teria as mesmas reações. Você escreve super bem *-*
    Linda, amei teu blog. Encontrei ele por acaso na internet e tô me sentindo sortuda por isso, adorei o conteúdo daqui, e o layout então, sua cara *-*
    Tá tendo um sorteio no meu blog e eu adoraria te ver por lá, tô te seguindo *-*
    Bjinhos, sucesso ;)

    ResponderExcluir
  33. Página do blog devidamente curtida!!!
    E que texto, hein?
    Passando por situação parecida por aqui. Nada como o amadurecimento ;)

    Bejus

    ResponderExcluir

Olá, seja bem vindo (a).
Espero que goste do blog e que deixe sua opinião.
Deixe seu link, que responderei. Se não tiver, responderei por aqui.
Obrigada!!!